O que é UX Design?

por 5 maio, 2020Design, Marketing Digital0 Comentários

O UX Design (User Experience Design ou design de experiência do usuário) é responsável pela interação de um produto / serviço com as pessoas. Podendo ser um aplicativo, um website, um dispositivo móvel, um ponto de venda, uma máquina, entre outras plataformas de interação. 

A intenção é equilibrar aspectos práticos, experienciais, significativos e valiosos de interação com o produto / serviço, seja ele físico ou digital.

Com o aparecimento de novas tecnologias, a área de UX Design vem conquistando cada vez mais espaço, ganhando importância e autonomia no Mercado. 

Quem é o especialista em UX? E quais as habilidades necessárias para ser um UX Designer?

O papel principal do especialista em UX é criar experiências incríveis para conquistar e fidelizar clientes. Ele analisa além da tela, estuda o comportamento humano e suas relações com o serviço oferecido. A partir de então, elabora estratégias para aprimorar as experiências dos clientes com o produto e/ou serviço oferecido. 

O especialista em UX precisa ter habilidade em contar histórias, criatividade para propor soluções, capacidade de conduzir entrevistas e testes, e interesse por análise comportamental. É necessário ter conhecimento em programas como Adobe Muse, Photoshop, InDesign, e Illustrator, que auxiliam no desenvolvimento de protótipos e wireframes (esboços de produtos e sites). 

O profissional de UX deve estar aberto a experimentar coisas novas, ser humilde diplomático, observador, estar disponível para ouvir a opinião das pessoas e a receber feedbacks, dentre outras características. De acordo com o LinkedIn, o profissional de UX será o quinto mais procurado esse ano.

designer desenhando wireframe ux design

Os 3 principais Pilares do UX Design

Praticidade – O serviço deve ser fácil, rápido de usar e eficiente para resolver o que for preciso. 

Utilidade – O usuário precisa que o serviço ou produto oferecido seja realmente útil para realizar o que deseja, assim não precisará buscar outras alternativas.

Prazer – O que você oferece é prazeroso para o seu usuário? É divertido? É interessante? É recompensador? Tenha em mente essas questões ao desenvolver uma experiência. 

Quais os erros mais comuns das empresas quanto ao UX design?

Os principais erros que as empresas cometem são: a falta de conhecimento e de visão do que o UX design pode agregar para sua marca. E não valorizar a experiência dos usuários, considerando que esse será apenas mais um custo no processo de desenvolvimento.  

Por que investir na experiência do usuário?

Uma pesquisa realizada pela On3 Software Development, mostrou que 9 em cada 10 consumidores estariam dispostos a trocar uma marca por seu concorrente após uma má experiência de uso. Quanto a investimento, identificou-se que as empresas que investem em UX design conseguem um aumento de 37% em sua receita. Portanto, é essencial que a sua empresa se preocupe com a experiência do usuário e invista nessa área. 

A importância de um protótipo no processo de UX Design

As principais etapas de um processo de UX Design: Entender (Empatizar e Definir), Explorar (Idear e prototipar) e Materializar (Testar e implementar). 

Depois que o especialista em UX entende o desafio a ser resolvido, define o ponto de atuação principal do problema, realiza um brainstorming para extrair novas ideias e então, chega o momento de testar essas ideias através de um protótipo. 

Um protótipo deve ser navegável e permitir que um usuário tenha uma experiência próxima à que teria com o produto final.

Os protótipos são facilitadores e permitem validar informações, fluxos, interações, funções e identificar problemas e solucioná-los logo nas primeiras etapas do processo. Assim, você conseguirá melhorar a proposta inicial, já com a visão do usuário e suas contribuições para a finalização do processo. 

Essa sem dúvida é uma ferramenta eficiente e que minimiza gastos, a fim de melhorar cada vez mais a experiência dos usuários. 

As novidades desse ano no setor de UX (User Experience)

  • O surgimento do escritor UX (conteúdo focado nas experiências do usuário);
  • A utilização de cores não conflituosas; 
  • Interfaces simples, mas sofisticadas;
  • Interação entre dispositivos;
  • Internet das coisas (IoT) e interações com gestos;
  • Design que cause verdadeiro impacto emocional;
  • Crescimento do comando de voz, através dos assistentes virtuais. 

Se você não está investindo em UX ou UI design, está ficando para trás. Conheça a Impetus agência digital! Valorize a sua marca, crie as experiências mais incríveis para os seus usuários e fidelize seus clientes. 

Gostou do conteúdo? Para ver mais artigos como esse, ative o “sininho” ou assine nossa Newsletter e não se esqueça de compartilhar com os amigos.

Artigos Relacionados

Copywriting: conheça as técnicas para converter mais clientes

O que é copywriting? Hoje, não basta conhecer seu público. Para realizar pesquisas e ser claro em seus objetivos, o conteúdo precisa ser informativo e relevante. Porém, com o uso das técnicas de copywriting, podemos tornar o texto fluido e persuasivo para o leitor,...

Como as empresas podem se reinventar para enfrentar a crise?

Em tempos de cenário instável, as empresas precisam se reinventar para enfrentar a crise mundial. Os principais desafios dos empreendedores têm sido encontrar novos modelos de gestão, usando a criatividade e a tecnologia para reinventar seu negócio. De acordo com uma...

Pin It on Pinterest

Share This